Conecte-se agora
acesse ibis

TURISMO

TURISMO: Pinda quer o MIT e Festival Junino justifica merecimento

Publicado

em

Parte do público durante show de Sérgio Reis (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

A proposta de consolidar um evento de Turismo Gastronômico, configurada com a realização do Festival Junino do Núcleo Turístico do Piracuama e Ribeirão Grande marcou, no último final de semana, mais um importante passo na referenciação de Pindamonhangaba como MIT – Município de Interesse Turístico, titularidade esta dependendo apenas de análise solicitada pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação da ALESP junto à Secretaria de Turismo. Caberá a essa pasta do Governo do Estado de São Paulo a conclusão de estar, o município, perfeitamente dentro do perfil exigido para MIT, conforme estabelece a Lei Complementar 1.261, de 2015.

O Festival Junino compõe o título “Turismo de Eventos” e está contido no Plano Diretor de Turismo apresentado por meio do Projeto de Lei 288/2017 à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo pelo deputado André do Prado.

Os esforços do Departamento de Turismo de Pindamonhangaba estão focados, mais diretamente, na condução dos eventos constantes do PDT referido, por conta da óbvia necessidade de comprovação de sua realização.

A exemplo do Festival Tropeiro do Vale do Paraíba, recentemente levado a efeito, o Festival Junino promoveu lazer e diversão em amplo local, com instalações bem planejadas – considerando-se as características inerentes ao evento.

Tendas amplas abrigaram a praça de alimentação, com a instalação de mais de 30 células, onde funcionaram representações dos estabelecimentos inseridos na região do Piracuama e Ribeirão Grande. Esses estabelecimentos ofereceram culinária típica, com pratos clássicos da gastronomia de época e, também, os mais pedidos pelos frequentadores dos restaurantes e quiosques ali representados.

A participação de artesãos foi garantida, assim como a dos chamados ambulantes cadastrados. Com isso, houve a possibilidade de se conseguir algum recurso a mais na renda familiar, além da implícita divulgação da criatividade e do trabalho de todos.

Uma planejada grade de shows foi montada, para – dentro do possível – levar para o palco do Festival os artistas regionais desse segmento e a apresentação de consagrados nomes nacionais.

01 – Quadrilha do CCI VILA RICA; 02 e 03 – Quadrilha CARÚNXU DI MÍO (Queluz); 04, 05 e 06 – RASTAPÉ, forró pé-de-serra (Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

Da mesma forma ocorreu com os convites feitos aos grupos que mantêm tradições como quadrilha, moçambique, contação de “causos”.

Há que se destacar a grande participação do público, em todos os três dias do Festival Junino, principalmente no horário de cada chamado “show grande”.

01 – ANDRÉ & ANDRESA (Pinda); PEDRO BRANCO E ZÉ MORENO, animadores; 03 – FLÁVIA BORGES (Pinda); 04 – EVELIM (Pinda); 05 – MOÇAMBIQUE (Monteiro Lobato); 06 – ZIRIGUIDUM (Pinda) (Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

O bolinho caipira, mais uma vez, foi a sensação da festa, como precisa acontecer mesmo em todos os eventos. Arroz carreteiro; feijão tropeiro; sua majestade torresmo; porções variadas; tilápia em forma de lasanha; truta; espetinhos; costela assada no fogo de chão; doces caseiros e tudo mais capaz de fazer muita gente se esquecer do regime.

O amplo estacionamento disponibilizado contribuiu para maior tranquilidade dos frequentadores mas, mesmo assim, houve quem precisou utilizar outras opções, haja vista a praticamente lotação constante do local. Infraestrutura de segurança, trânsito, serviços de manutenção e atendimento de emergência foi disponibilizada, bem como as providências com referência a sanitários.

01 – QUADRILHA DE BONECÕES (Caçapava); 02 – TRIO FAISCADA (Caçapava); 03 – GERSON & DANIEL (Pinda); 04 – OS RENEGADOS, Dança Country (Aparecida e Taubaté); 05 e 06 – TALIS & WELINTON. (Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

Talvez seja interessante, como sugestão, analisar a possibilidade de se disponibilizar o fornecimento de água potável para higienização das mãos e para consumo, mesmo levando-se em conta a comercialização desse produto nos diversos pontos de venda.

01 – MISSA SERTANEJA, com Padre Gonçalves (Pinda); 02 – BRUNO & HYAGO (Pinda); 03 – ORQUESTRA DE VIOLÕES E VIOLAS ITABOATÉ (Taubaté); 04 – AMIGOS DA DANÇA E SERTANEJANDO (Pinda); 05 – LOCUTORA DIONE DE ALMEIDA COM O CRIADOR DA ORQUESTRA ITABOATÉ; 06 – ORQUESTRA ITABOATÉ (Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

Na avaliação geral podemos afirmar, sem margem de erros, que o 5º Festival Junino do Núcleo Turístico do Piracuama e Ribeirão Grande superou, mais uma vez, as expectativas, inclusive dos empresários. Ouvimos de grande parte deles a afirmação de terem podido propagar seus estabelecimentos e de que houve, sim, a compensação por conta de se instalarem na praça de alimentação do Festival.

01 – MIRO & MARQUES (Pinda); 02 – CÉSAR BARBOSA (Pinda); 03 – CÉSAR BARBOSA E MAZZAROPINHO (Pinda/Taubaté); 05 – SÉRGIO REIS; 06 – PARTE DO PÚBLICO NO SHOW DE SÉRGIO REIS; 06 – SÉRGIO REIS durante o show (Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

Indispensável registrar a plena integração dos setores da Administração Municipal, essencial para a total realização do evento o qual, certamente, ganhará mais dimensão e cor no próximo ano.

Breve: galerias de fotos

(Texto: Marcos Ivan / Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39).

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GASTRONOMIA

GASTRONOMIA: vem aí a 15ª Festa Italiana de Canas – em dose dupla!

Publicado

em

(Divulgação)

Na maioria das vezes, ouvir a intuição é prática inteligente.

Se o assunto é gastronomia, a intuição dá um recado inteligente e tentador quando se trata de apreciar a culinária italiana: “mangia, che ti fa bene”!

Principalmente quando essa intuição é atraída pelos anúncios formais e comentários de quem já participou de, pelo menos, uma das 14 edições da Festa Italiana de Canas, cidade que tem muito das tradições da terra de Marco Polo, Da Vinci e Giorgio Armani. Assim como dos Giordani, Bellini, Sacilotti, Favalli, Marton, Ligabo, Ultramari, Albarello, Guarisse, Bortolacci, Barsotti e Canetieri…

Sede dessas muitas famílias da Itália, as quais desenvolveram suas atividades econômicas, principalmente no cultivo da terra, Canas destaca-se, na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte como o mais forte centro do Turismo Gastronômico segmentado, por realizar, a partir deste ano, em dois finais de semana, um desfile de irresistíveis pratos da “cucina” tradicional itálica, devidamente somados à culinária brasileira.

A 15ª Festa Italiana de Canas já tem um grande elenco de apreciadores se ajeitando nos calendários, para não perderem o tour gastronômico e ser muito bem servidos da cumplicidade da excelente programação musical, responsável pela trilha sonora das tradicionais tarantellas e dos clássicos românticos que acariciam muitos corações.

Aliás, num clima mais friozinho, o calor das boas companhias é motivador para um brinde “con vino rosso o bianco”, saboreando as massas, pães, doces… Apreciar o artesanato, fazer novas amizades, aplaudir… Aplaudir, aplaudir e aplaudir…

Afinal, a Gastronomia bem exercida e a Música de qualidade precisam desse mais importante incentivo para continuarem a existir e serem consumidas pelas pessoas de todas as idades e origens. Esse exercício do aplauso abre o apetite, aproxima mais pessoas, mantém o clima e motiva novas participações.

Duvidamos que você não recomende a Festa Italiana de Canas para as pessoas de sua rede social. Marque lá o seu ponto de encontro para o último final de semana de julho ou o primeiro de agosto.

De repente, vocês gostam do primeiro e não resistem ao segundo. O importante é não perder, pois a intuição gastronômica de seu apetite e do seu bom gosto musical merece ser privilegiada…

Se por acaso vocês precisarem de um cantinho acolhedor, para aproveitarem mais a Festa Italiana de Canas, fica a dica: Hotel Ibis, em Lorena. Está a menos de 20 minutos do local do evento (Espaço Cultural Benedito Rômulo Zanin) e tem tudo a ver com o que há de bom gosto, com segurança e economia…

Veja abaixo, e não se esqueça de compartilhar, a programação da 15ª Festa Italiana de Canas.

A gente se vê por lá…

(Divulgação)

(Texto: Marcos Ivan, Canal39)

Continue Lendo

TURISMO

GESTÃO: MTur aprova Selo +Turismo para impulsionar turismo local no interior gaúcho

Publicado

em

Secretário Robson Napier entrega Selo +Turismo ao prefeito Marcos Aguzzolli. Foto: Roberto Castro/MTur 

Certificação permitirá financiamento de R$ 10 milhões para obras de infraestrutura turística no município de São Francisco de Paula (Por Victor Alves)

O Ministério do Turismo entregou, recentemente, em Brasília (DF), o Selo +Turismo nº 127 para o município de São Francisco de Paula, localizado no estado do Rio Grande do Sul. Com essa certificação, os gestores locais poderão solicitar recursos, junto aos bancos de desenvolvimento, na ordem de R$ 10 milhões para o financiamento de obras de infraestrutura turística. De acordo com a prefeitura local, o montante irá fortalecer a economia, além de desenvolver as políticas públicas relacionadas ao setor na região.

O secretário Nacional de Estruturação do Turismo, do Ministério do Turismo, Robson Napier, entregou o selo ao município e destacou a importância deste apoio para a Pasta. “É com grande alegria que entregamos hoje este selo para São Francisco de Paula. Temos plena certeza de que ele dará a oportunidade para o município e os empreendedores investirem em estruturação e serviços turísticos, convertendo isso em emprego e renda para a região”, destacou.

Para o prefeito da cidade de São Francisco de Paula, Marcos Aguzzolli, o selo irá trazer um novo impulso para o turismo local. “É uma busca de muito tempo. Com esse grande passo que foi dado, vamos abrir as portas do investimento para nossa cidade. É uma nova esperança para o município em termos de desenvolvimento e crescimento do turismo”, pontuou.

Com as ações que serão implantadas e desenvolvidas, a expectativa do município é ganhar destaque turístico e se tornar capaz de promover o desenvolvimento sustentável da região. O intuito é de que, por meio de políticas públicas e programas voltados ao desenvolvimento integrado de ações, seja possível consolidar as atividades turísticas no âmbito econômico, cultural, social e ambiental.

Na proposta apresentada ao MTur, os gestores de São Francisco de Paula também esperam, com as intervenções que serão feitas, fortalecer a participação da comunidade e ampliar a demanda pelos produtos turísticos da região, além de aumentar o número de empregos, impactando diretamente no crescimento da economia local e regional.

Edição: Cecília Melo

(Fonte: site do Prodetur)

 

Continue Lendo

TURISMO

TURISMO: Parceria inaugura Trem do Devoto em Aparecida

Publicado

em

O Santuário Nacional de Aparecida inaugurou, na sexta-feira, 5, mais um equipamento para uso dos romeiros e turistas que visitam a cidade.

Em parceria com a Bontur, que já administra os Bondinhos Aéreos, que ligam o Santuário ao Morro do Cruzeiro (inaugurados há cinco anos) e contando com o consagrado patrocínio da Família Campanha dos Devotos, o Trem do Devoto fez sua primeira viagem oficial, ligando a Estação Cidade (na Cidade do Romeiro) à Estação do Porto Itaguaçu, proximidades do local onde foi encontrada a imagem de Nossa Senhora, nas águas do Rio Paraíba do Sul.

(Foto: Marcos Ivan, Canal39)

Nesse trajeto, inaugurado há um ano, existe o Caminho do Rosário, contando com um acervo de cenários representando momentos dos quatro Mistérios do Rosário. As cenas foram construídas com obras de Blas Servin, artista plástico paraguaio, usando imagens em tamanho natural.

A bordo do Trem do Devoto, os passageiros apreciam a paisagem do entorno, têm visualização da maior parte dos cenários, podem meditar e orar. A ideia é a de que todos possam se utilizar, pelo menos, de uma viagem de ida ou de volta, a bordo do veículo, pois a caminhada pelo trecho de pouco mais de um quilômetro proporciona maior tempo de reflexão, meditação e oração diante de cada cena.

(Foto: Edna Maischberger, Canal39)

Há todo um referencial neste cenário, incluindo-se a jardinagem utilizada. Uma tocante significação das águas do batismo e sua transformação em vinho, o primeiro milagre de Jesus (bodas de Canaã), ocasião em que o rio cenográfico adquire tonalidade avermelhada, por exemplo, é destaque também.

Os bancos de alguns vagões são retráteis, possibilitando a entrada de usuários de cadeiras de rodas. (Foto: Edna Maischberger, Canal39)

O Trem do Devoto trafega em baixa velocidade, tem recursos de acessibilidade, com a possibilidade de os bancos serem recolhidos para acesso de usuários de cadeiras de rodas. Cada vagão comporta 6 pessoas. Quando houver cadeira de rodas, o vagão recebe 3 passageiros.

Dom Orlando faz a aspersão de água benta sobre o Trem do Devoto e o Pedalinho Devotos Mirins (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

O ato inaugural contou com a presença de investidores, construtores, autoridades e imprensa. Dom Orlando Brandes, arcebispo metropolitano de Aparecida procedeu à bênção dos equipamentos e descerrou a placa inaugural, em companhia de Júlio Tedesco, representante da Bontur.

Ao todo, o percurso mede 1.400m, com o trenzinho correndo em monotrilho suspenso de muita segurança. A locomotiva remete aos modelos do Século XIX. As viagens são de ida e volta, inicialmente com uma composição. A partir de agosto já estará em funcionamento a segunda. Os passageiros terão, inclusive, a oportunidade de verem os trens se cruzando durante o percurso, haja vista a existência de um ponto específico para essa manobra e avistar trechos do Rio Paraíba do Sul. Cada conjunto tem duas locomotivas, por conta de não haver um pátio de manobras (rotunda) para virar a composição no momento da volta.

Cada viagem custa R$ 10. Idosos e crianças, apresentando documento com foto, pagam meia passagem.

Horário: de segunda a sexta-feira, o Trem do Devoto funciona da 9h às 17h; aos sábados, das 8h às 18h e aos domingos, das 8h às 16h.

Em nota divulgada pela Assessoria de Imprensa da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, o secretário Vinícius Lummertz considera que “este novo atrativo de Aparecida chega para incrementar o fluxo turístico religioso que já recebe mais de 13 milhões de pessoas por ano movidas pela fé”.

Pedalinhos inaugurados. (Foto: Edna Maischberger, Canal39)

Outro importante equipamento inaugurado, no espaço próximo à Estação Cidade, é o Pedalinho Devotos Mirins. O lado ali existente foi totalmente revitalizado, com a instalação de barcos estilizados, movidos a pedal, deck para embarque/desembarque e com a soltura de patos e cisnes, para melhor ambientação. Essa parceria foi realizada com a Duarte Empreendimentos, que já opera equipamento similar em Campos do Jordão.

(Texto: Marcos Ivan / Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

GALERIA DE FOTOS:

 

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro