Conecte-se agora
acesse ibis

CULTURA

GASTRONOMIA E CULTURA: Cunha vive novembro com violas e trutas em dois festivais

Publicado

em

Destino apreciado por quem gosta de um clima mais ameno, incrustada num pontinho especial da região serrana da Bocaina e com titularidade de Estância Climática, Cunha é um ebulidor cultural e turístico por excelência, constantemente ativo.

Novembro é mais um tempo de muita movimentação por lá, com a realização de dois festivais, praticamente ao mesmo tempo.

O povo cunhense e os turistas de todas as partes poderão degustar o sabor da verdadeira música caípira, tocada e cantada na Praça da Matriz, onde também funcionará uma praça de alimentação para atender o apetite de todos com grande variedade de pratos à base de truta.

A moda de viola e a truta estarão em cartaz, com direito a merecidos aplausos.

No palco, o 6º Canta Violeiro, Festival de Música Caipira Inédita, destinado a manter a tradição da verdadeira música brasileira talentos de todas as partes do país.

Nos pratos, a mágica dos chefs dos restaurantes locais, fazendo da truta a tentação indispensável para compor um ótimo final de semana pelos espaços de Cunha. Além das tendas na Praça da Matriz, todos os restaurantes locais poderão oferecer, em seu estabelecimento, um prato típico da casa ou, até, algo especialmente “bolado” para atender ao apetite dos visitantes.

Canta Violeiro

Formatado para incentivar o talento dos compositores de música caipira e divulgar o trabalho dos intérpretes, promovendo a manutenção da tradição desse gênero musical, o Festival Canta Violeiro de Música Caipira Inédita chega à sua sexta edição, num esforço conjunto da Associação Viola Caipira, Prefeitura de Cunha e com produção da APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte, com mais força e reconhecimento por parte dos envolvidos.

O Canta Violeiro envolve uma série de eventos, todos gratuitos, o que demonstra a sua importância enquanto ferramenta de alavancar e preservar as tradições brasileiras. Serão 3 dias de oficinas para os violeiros (afinação, preparação de repertório, postura em palco, interação com o público); eventos culturais na praça, inclusive com rodas de violas; shows musicais e a efetiva participação dos concorrentes. O coral Bem Te Canto, de Cunha, ganha espaço para uma apresentação especial.

A premiação deste certame é considerada uma das maiores da Região, comparativamente a outras da mesma categoria.

Truta

Peixe que se reproduz e vive em águas de temperatura mais baixa, fácil em Cunha, a truta tem espaço permanente nos cardápios da gastronomia cunhense e ganha seu Festival, casando datas com o Canta Violeiro.

Temperando-se entre si, música caipira e gastronomia tornam novembro mais saboroso, em todos os sentidos, pelos altos da Bocaina, principalmente quando o Horário Brasileiro de Verão já torna os dias mais longos e as noites chegam, deliciosamente românticas.

Interessante é lembrar que, além das tendas na Praça da Matriz, a truta é estrela em todos os restaurantes que oferecem esse alimento, na cidade.

Hospedagem

Cunha dispõe de um receptivo muito bom, com diversas pousadas de excelente atendimento, tanto no centro e proximidades com, também, em pontos das estradas de acesso à Estância. O tarifário pode ser consultado por telefone ou e-mail e uma das boas referências para escolha e por meio do site da Cunhatur. Neste mesmo endereço eletrônico há a possibilidade de o turista programar bons passeios.

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CULTURA

MÚSICA: Duo Komunga lança primeiro álbum em show com entrada gratuita

Publicado

em

(Divulgação)

Combinando ritmos indígenas, africanos e eletrônicos, Komunga lança primeiro álbum no próximo sábado, dia 20, em São José dos Campos

Duo Komunga realiza lançamento de seu primeiro álbum no próximo sábado, dia 20, com participação especial do grupo Bike. Destaque da cena musical joseense ao criar um som único e representativo, o Duo Komunga nasceu das mentes criativas dos músicos Julio Rhazec e Lucas Baumgratz para explorar um território musical que carrega em si raízes africanas e indígenas com ecos da música eletrônica. Após o lançamento do videoclipe “Vem pra Saravá” e de algumas faixas autorais, o duo apresenta seu primeiro álbum no Cine Teatro Benedito Alves, em São José dos Campos.

(Divulgação)

(Divulgação)

Os espíritos da floresta Risoflora e Urukum, personas representadas no palco como porta-vozes de Komunga, convidam os amigos e parceiros da banda Bike, que acabam de retornar de turnê na Europa, para ecoar seu som pelos cantos do Vale. A união musical neste dia de lançamento compõe a comunhão e a troca, cerne destes artistas que levam em seu nome a intenção de unir performance e mensagem. Neste primeiro álbum homônimo composto por sete faixas autorais, o duo tem incentivo do PROAC e conta com a parceria da Fundação Cultural Cassiano Ricardo para a organização do evento de lançamento, que contará com o performance das bandas e com projeções durante o show.

“O show é uma experiência sensitiva, com projeção, e ambientes sonoros que envolvem o espectador. Além é claro da música, que tem como base o eletrônico, ritmos de matrizes africanas e indígenas.”, afirmam os músicos. Em seu primeiro álbum, Komunga explora os frutos em potencial da mistura de formas e intensidades, realizando comunhão musical, estética e espiritual. A transformação desta combustão de inspirações já pode ser ouvida nas plataformas digitais (links abaixo) e poderá ser conferida no próximo sábado, dia 20, em reunião aberta ao público e com entrada gratuita.

“Em tempos de ódio gratuito, promover o Amor e Alegria é uma ação necessária”. #komunga

SERVIÇO:

Quando?

Dia 20 de Julho

Abertura às 20h, show às 20h30.

Encerramento das atividades 23h.

Onde?
Cine Teatro Benedito Alves
R. Rui Dória, 935 – Centro, São José dos Campos

Entrada gratuita

Atrações/Duração do show:

Bike / 35 min

Komunga / 50 min

FACEBOOK DO EVENTO

FICHA TÉCNICA

Grupo “Komunga” é

Lucas Baumgratz como Urukum

Julio Rhazec como Risoflora

SITE OFICIAL

Facebook do Komunga 

Instagram: @komungamusica

Contato: (11) 94857-4988

Selo: Bigorna Discos

Apoio: Fundação Cultural Cassiano Ricardo

(Revoada Assessoria / Maiara Tissi / Christal Araújo)

Continue Lendo

CULTURA

RELIGIÃO: Daniel e convidados em Tributo a Nossa Senhora no Santuário (contém vídeo)

Publicado

em

Fotos: Edna Maischberger / Marcos Ivan, Canal39)

Para comemorar mais um aniversário da Família Campanha dos Devotos e os 125 anos da chegada dos Redentoristas a Aparecida (SP), o Santuário Nacional e a TV Aparecida realizaram, em 12 de julho de 2019, um belíssimo espetáculo musical denominado “Tributo a Nossa Senhora”.

Pela primeira vez o cantor Daniel, que é frequentador assíduo do Santuário Nacional, cantou literalmente aos pés da Mãe Aparecida, haja vista a instalação de um palco no interior da Basílica, diante do Nicho de Nossa Senhora, no espaço normalmente ocupado pelo coral.

A produção do show primou pela organização e timing, principalmente ter sido o mesmo transmitido, ao vivo, pela TV Aparecida.

No show, Daniel e seus convidados Yasmin Giacomini, Padre Antonio Maria, Guilherme Martinez e Mariangela Zan, magnificamente acompanhados pela Orquestra e Coral do PEMSA (Projeto de Educação Musical do Santuário de Aparecida) e com a participação da jovem cantora Larissa (do PEMSA), interpretaram canções com temática centrada em Nossa Senhora.

O templo recebeu bom público, desde moradores locais até peregrinos vindos de diversas partes do país para o encontro comemorativo do 20 anos da Família Campanha dos Devotos, programa de participação voluntária que provê recursos para a manutenção de todas as principais ações do Santuário Nacional.

Repleto de momentos emocionantes, o espetáculo foi uma verdadeira profissão de fé, por conta das belas canções do repertório, a execução impecável da Orquestra do PEMSA e a interpretação dos artistas e do Coral do Pemsa.

A produção para a TV Aparecida teve, ainda, momentos de performances do Ballet Espaço Expressão Layla Mulinari, de Lorena (SP) na abertura, representando o momento do encontro da imagem de Nossa Senhora nas águas do Rio Paraíba do Sul, além de outras intervenções.

Os profissionais de jornalismo são acostumados a participar de momentos de tensão, alegria e muita emoção.

Confesso ter sido impossível evitar lágrimas de emoção feliz e por me sentir abençoado em participar, junto com minha esposa e diretora,  desse evento que marcou os olhos de muitos da assistência com as mesmas lágrimas de emoção e gestos de quem exercita a Fé e a Gratidão a Nossa Senhora Aparecida.

No vídeo, um singelo compacto do Tributo a Nossa Senhora, por meio do qual os internautas poderão comprovar o aqui reportado.

Registramos e destacamos o importante e indispensável trabalho dos senhores maestros que regeram a Orquestra e Coral do PEMSA durante o espetáculo. Merecedores, junto com todos do grupo, de aplausos efusivos e com a plateia em pé.

O PEMSA – Projeto de Educação Musical do Santuário de Aparecida desenvolve uma ação social de muito respeito e tem obtido excelentes resultados, formando músicos e cantores com um rico repertório de conhecimentos teóricos e práticos. Movimenta mais de 500 inscritos e, indiretamente, presta atendimento a muitas famílias.

(Texto: Marcos Ivan / Fotos:  Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

GALERIA DE FOTOS COM CLICS DE EDNA MAISCHBERGER E MARCOS IVAN

 

Continue Lendo

CULTURA

AGENDA: Arroz no Piagui e Quadrilhas no Recinto de Exposições são destaque em Guará

Publicado

em

Divulgação

Guaratinguetá movimenta a gastronomia e o setor da Educação com eventos distintos, mas merecedores de atenção pelo objetivo e sua organização.

No Piagui, tradicional Festival do Arroz, em sua 11ª Edição, ocupa os produtores e especialistas em gastronomia com base no cereal. Entre os dias 12 e 14, o reinado é do arroz e suas diversas formas de utilização.

Já no Recinto de Exposição, o 3º Festival de Quadrilhas das Escolas Municipais deve contar com a presença de pais, amigos, parentes e público em geral, incentivando aos estudantes na manutenção da tradição de se dançar os folguedos típicos dos meses nos quais são homenageados São Pedro, Santo Antonio e São João.

Veja a programação:

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro